CasesCFTV

Parceria entre Dahua Technology e Duratex usa videomonitoramento contra incêndios

Implementada na unidade florestal de Minas Gerais, solução tem como objetivo identificar incêndios em fase inicial para reduzir número de queimadas.

Aspectos como limpeza do pasto ou mesmo alta frequência de raios em uma tempestade podem iniciar queimadas em florestas, um evento natural que pode prejudicar bastante a flora e fauna do ecossistema.

Para reduzir essa probabilidade, existem práticas como queimas controladas, nas quais elementos que podem despertar um incêndio real (como árvores mortas e folhas secas) são eliminados de forma planejada.

Entidades ambientais, como o Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) e Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), recomendam que se capacite e conscientize os agricultores para controlar e mitigar os riscos, além de proteger a biodiversidade local.

De acordo com um estudo elaborado pela ONU em conjunto com as principais agências de meio ambiente espalhadas pelo mundo, os governos deveriam investir aproximadamente 80% de seus recursos na área em prevenção e apenas 20% em combates a incêndio de fato.

Para uma tomada de ações adequada, é necessário aliar a presença de alta tecnologia a empresas como a Working on Fire (WOF), com larga expertise no manejo integrado de fogo aliando prevenção, prontidão, resposta e recuperação em eventuais incêndios ambientais.

Ela é a responsável pelas ações internacionais da Firehawk, pioneira no desenvolvimento de soluções para detectar incêndios florestais por meio de câmeras, com 26 anos de operação e 223 câmeras de videomonitoramento espalhadas por África do Sul, Brasil, Chile, Gana e Malawi.

Câmeras de prevenção inteligente em Minas Gerais

Com o objetivo de monitorar a região e alertar possíveis ocorrências rapidamente, a Working on Fire foi contratada pela Duratex para implantar a solução de videomonitoramento Dahua Technology em sua unidade florestal de Minas Gerais, entre os municípios de Uberlândia e Uberaba, com cerca de 75 mil hectares, sendo que a área de cobertura atual da tecnologia é de aproximadamente 60 mil hectares de florestas plantadas.

A região mineira possui diversas áreas de preservação, sendo reconhecida pela agricultura desenvolvida nas plantações de cana-de-açúcar, eucalipto e café.

Na unidade da Duratex, houve a implantação de uma câmera em cada uma das cinco torres estaiadas com 75m de altura, realizada pela WOF em apenas 20 dias e concluída em julho de 2019.

Sua experiência bem-sucedida na atuação com a Eldorado Celulose S/A foi fundamental para que a empresa conseguisse minimizar os desafios de instalação e aplicação desta solução tecnológica.

Temos parceiros altamente qualificados para a execução dos projetos, o que simplifica a atuação. A experiência de trabalhar com a solução Dahua Technology, aplicada pela Firehawk mundialmente é muito positiva

, afirma Daniel Santos, diretor geral da WOF no Brasil.

A Firehawk trabalha há cerca de quatro anos com soluções da Dahua Technology, maior empresa de segurança eletrônica 100% de capital privado e uma das líderes em soluções de videomonitoramento.

Há três anos, a organização começou a atuar com o modelo DH-PTZ19245V-IRB-N(B), após uma série de testes.

As especificações para desempenho são excelentes, suportando locais com condições climáticas rigorosas, como por exemplo ventos de mais de 200 km/h. A documentação do API da web também é muito rica. Por isso, a Firehawk nomeou a Dahua Technology como sua principal câmera para a solução de detecção de incêndios florestais

, lembra Santos.

A Duratex está bastante satisfeita com esta solução, tanto que em 2020 já estamos trabalhando na ampliação da área de cobertura da unidade Minas Gerais e também temos planos para iniciar um projeto na nossa unidade de São Paulo

, diz Daniela Rezende, Especialista de Proteção Florestal da Duratex.

A solução de videomonitoramento implementada na Duratex oferece o alcance de 60 mil hectares de floresta para o acompanhamento da região e alerta de possíveis ocorrências, realizado de maneira assertiva e ágil. Nossa empresa tem como missão maior promover a segurança de nossos clientes em seus negócios e atividades-fim por meio de um amplo portfólio de soluções como câmeras térmicas, biométricas, softwares embarcados etc,

explica Fábio Lopes, diretor de Canais da Dahua Technology no Brasil.

A fim de minimizar os problemas de conectividade comuns a regiões afastadas, a WOF instalou links de rádio direcional para viabilizar a adoção desta tecnologia, assim como, em algumas torres, unidades geradoras de energia elétrica, a partir de painéis solares fotovoltaicos.

O sistema, além de melhorar substancialmente a rapidez na detecção dos incêndios, ainda aprimorou o gerenciamento dos recursos de combate,

conta Rezende. As cinco câmeras captam e enviam as imagens para a Central de Monitoramento, trabalhando com uma inteligência para verificar o menor tráfego de envio.

Oportunidades futuras

A tecnologia embarcada na solução promove uma rápida avaliação das imagens, com perímetro de 360 graus, sendo que o algoritmo busca sinais de fumaça, tanto no período diurno quanto noturno, e em situações de risco iminente dispara um alerta visual e sonoro.

Em condições climáticas favoráveis, como um dia de céu aberto e estrelado, as câmeras Dahua conseguem captar um raio que pode ultrapassar 20km. Ainda não descartamos a presença humana, ela funciona como uma aliada das câmeras

, detalha Santos.

A eficiência comprovada na detecção de incêndios em sua fase inicial trouxe aos clientes WOF uma redução de até 75% da área queimada. Diante dos bons resultados, a empresa deve configurar uma dezena de novas câmeras até o fim de 2020 nas unidades florestais da Duratex e suas coligadas.

Foto: Shutterstock

Fonte: https://computerworld.com.br/2020/05/08/parceria-entre-dahua-technology-e-duratex-usa-videomonitoramento-contra-incendios/

 

Comentários