Epis

Controle de Estoque: Você tem ideia de quais são os principais métodos?

Estoque é a armazenagem de recursos materiais necessários para que as empresas possam executar suas operações e produções e ainda suprir demandas futuras.

A função da gestão de estoque é propiciar o equilíbrio entre compras, armazenagem e entregas. A gestão de estoque compreende um conjunto de atividades necessárias para garantir a boa qualidade e o tempo certo de cada insumo do estoque ao longo da cadeia produtiva, tanto interno quanto externo à empresa.

Agora que você já sabe o que é estoque e a função da gestão de estoque, conheça os principais métodos para geri-lo.

 

Curva ABC

O Custeio Baseado em Atividades (ABC) teve origem na Itália, foi criado pelo economista Vilfredo Pareto.

A curva ABC é utilizada para gerir estoques, definir políticas de vendas, estabelecer prioridades, planejar a produção, entre outras.

Administrar o estoque das empresas é uma tarefa onerosa e a Curva ABC reduz custos e simplifica o gerenciamento. Por meio dela, classifica-se os estoques em três grupos por ordem decrescente de acordo com o investimento de cada item.

Produtos A: composição de poucos produtos (10 a 20% dos itens). Por serem menos, o investimento torna-se mais alto, na ordem de 60% a 80% do custo total com estoque. O estoque desses itens requer controle frequente.

Produtos B: contém um número médio de insumos (20 a 30% do geral). Entretanto, também requer altos investimentos, e precisam ser conferidos constantemente. O investimento gera em torno de 20% a 30% do total.

Produtos C: formado por muitos produtos de menores investimentos. O controle desses itens é mais simples. Em média, o investimento do estoque é de 5% a 10% e entre 50 a 70% do total de itens.

 

Filosofia Just in Time

Equilibrar a entrada e saída de itens é um desafio. A filosofia Jut in Time deriva do sistema japonês Kanban.

Esse método prima pela redução dos estoques, a fim de que não haja desperdício. A fórmula para diminuir o estoque é ter um esquema de distribuição extremamente eficaz. Analise o seguinte, se você possui pouca saída de um Equipamento de Proteção Individual específico, como Óculos de Segurança, tê-los no estoque em quantidade pequena, porém suficiente para reposição é uma excelente estratégia, desde que a distribuição desse item seja eficiente quando houver demanda.

PEPS

A metodologia mais viável e simples é a PEPS (primeiro a entrar, primeiro a sair). O conceito é exatamente a sua definição, ou seja, o primeiro item a dar entrada no estoque também deve ser o primeiro a sair dele.

Esse método é suficientemente bom quando o giro do estoque é rápido e devido às mudanças nos preços. A saída de materiais mais antigos permite que o preço dos produtos em estoque permaneça atualizado ao preço do mercado.

O PEPS preserva a vida útil dos produtos mais antigos, pois ao serem dispensados primeiro não geram desperdício ou perda por conta de validade.

 

UEPS

Enquanto no PEPS o primeiro a entrar é o primeiro a sair; no UEPS (último a entrar, primeiro a sair) sai o produto recém-chegado no estoque. Isso acontece porque o conceito desse método é usar o preço corrente do produto, ou seja, o valor mais atual e, portanto, mais alto.

Vale alertar que esse método não é aplicado em todos os tipos de empresas, visto que a legislação fiscal do Brasil não permite o uso, sobretudo em companhias que trabalham com produtos perecíveis. Porém, é o método cujos valores dos produtos se aproximam da realidade. Em países como México e Estados Unidos o UEPS é utilizado.

 

Média Ponderada Móvel

Mais conhecida por Custo Médio, essa metodologia prevê a renovação dos preços dos itens em estoque quando novos são adquiridos, o custo é obtido por meio do cálculo da média ponderada.

Para obter a média ponderada calcula-se os valores dos itens antigos e soma com os novos, o resultado das somas é dividido pela quantidade de produtos existentes no estoque. Embora essa seja uma prática comum, sempre é bom avaliar o mercado para saber se a valoração está de acordo com o que é praticado, a fim de não ter um estoque subavaliado ou superavaliado.

Qual método é usado na sua empresa? Compartilhe conosco. Se quiser ajuda no seu controle de estoques de produtos de elétrica e EPIs, fale conosco. Somos a maior distribuidora de itens desse segmento e, por isso, podemos ajudar sua empresa a melhor gerir o estoque.

Até logo!

Dimensional DW | A Sonepar Company

Comentários